Notícias

Conselho de Desenvolvimento Econômico aprova benefícios fiscais a cinco empresas durante a 93ª Reunião Ordinária

07/07/2020 - Fabia Lázaro/Governo do Tocantins

Por videoconferência, presidente do CDE-TO, secretário da Indústria, Comércio e Serviços (SICS), Tom Lyra, conduz 93ª Reunião Ordinária Por videoconferência, presidente do CDE-TO, secretário da Indústria, Comércio e Serviços (SICS), Tom Lyra, conduz 93ª Reunião Ordinária - Flávio Cavalera/Governo do Tocantins

 Reunidos por meio de videconferência em função da pandemia do novo coronavírus, o Conselho de Desenvolvimento Econômico (CDE-TO),  aprovou, nesta terça-feira,07, durante a 93ª Reunião Ordinária, a concessão de incentivos fiscais para cinco empresas, sendo duas na modalidade implantação e três expansão.

Como contrapartida, os beneficiários projetam investimentos na ordem de R$ 101.554.779,31, com a garantia de manutenção/geração de 206 empregos diretos. Os relatores foram unânimes na aprovação dos projetos.

A reunião foi conduzida pelo presidente do Conselho, secretário da Indústria, Comércio e Serviços (SICS) e presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa(Adetuc), Tom Lyra, que na ocasião destacou a importância da aprovação dos projetos para geração de emprego e renda no estado.

Foram beneficiadas com os incentivos fiscais as seguintes empresas por meio programa  Proindústria (Lei  1.385/2003) na modalidade expansão: Concregell Concreto Ltda, localizada no município de Gurupi, Caltins Calcário Tocantins LTDA, de Bandeirantes do Tocantins, Nativo Mineradora LTDA,  instalada em  Taguatinga, e na modalide implantação,  a  Ortoflex Indústria e Comércio de Colchões – Eireli EPP, também de Gurupi.  E,  a Ative Medicamentos Especiais LTDA,  localizada na Capital, pelo programa Internet (Lei 1.641/2005),  na modalidade implantação.

Apresentação relatório

Na ocasião o presidente do Conselho apresentou um relatório com o  balanço dos trabalhos realizados pelo CDE-TO no primeiro semestre de 2020.De janeiro a Julho de 2020,  27 empresas tiveram seus projetos  de incentivos fiscais aprovados pelo CDE-TO,  com projeção de investimentos de aproximadamente R$ 200 milhões,  e perspectiva de geração de 2.639 novos postos de trabalho. “Tivemos um resultado muito positivo no período”, pontou o presidente do Conselho.

Tom Lyra reiterou ainda o esforço do Governador Mauro Carlesse  para destravar demandas importantes para o desenvovlimento econômico do estado, como a regularização fundiárias de áreas industriais,  alfandegamento do Aeroporto de Palmas, Brigadeiro Lysias Rodrigues e a implantação de novos distritos industriais.”O governador Mauro Carlesse está empenhado em fomentar o desenvolvimento econômico do nosso Tocantins”, frisou.

Os conselheiros elogiaramas as ações que estão sendo realizadas pelo governo, sob o comando da secretaria da Indústria,  Comércio  e Serviços que estão proporcionando condições de novos investimentos.  “  O posicionamento do Sebrae é corroborar no que for preciso para avançarmos cada vez mais “, afirmou o conselheiro Rogério Ramos, presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-TO.

Presença

A reunião virtual contou com a participação de representantes da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), Secretaria da Fazenda e Planejamento (Sefaz), Secretaria da Infraestrutura, Cidades e Habitação (Seinfra), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Tocantins (Faet), Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Tocantins (Faciet), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do estado do Tocantins (Fecomércio/TO), Sebrae Tocantins, além da Sics e da Setas.