Notícias

Empresários do setor de eventos buscam apoio do Governo para reduzir impactos da pandemia

02/07/2020 - Seleucia Fontes / Governo do Tocantins

Reunião com empresários do turismo de eventos Reunião com empresários do turismo de eventos - Flávio Cavalera/Governo do Tocantins

O setor de eventos e entretenimento tem sido um dos mais impactados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), afetando direta e indiretamente diversas empresas que compõem a cadeia produtiva deste segmento. Em busca de apoio para a elaboração de um plano de retomada para este setor na Capital tocantinense, os empresários Renato Prates e Rairivaldo Araújo (Badinho), a decoradora Fernanda Almeida e a cerimonialista Hérika Leobas estiveram com o secretário de Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra.

Em ofício assinado por eles e outros profissionais solicitaram linha de crédito especial ao setor por meio das instituições de fomento estadual, com carência de 12 meses para início do pagamento e flexibilidade nas exigências contratuais, redução nas taxas de tributos e impostos, criação de regras quanto ao trabalho domiciliar, incentivos para evitar o cancelamento de contratos empregatícios, além de outras medidas que reduzam os impactos sofridos por uma série de categorias da economia criativa que movimentam o setor.

De acordo com Renato Prates, a situação é crítica em Palmas, onde empresas consolidadas estão fechando as portas ou vendendo bens para honrar seus compromissos. “Cada evento movimenta em torno de 40 fornecedores, além de garçons, seguranças e outros profissionais, por isso precisamos do apoio do Governo”, explicou, lembrando que as atividades estão suspensas desde a segunda quinzena de março.

O secretário Tom Lyra apresentou ao grupo as linhas de crédito já disponibilizadas pelo Governo do Estado, por meio da Agência de Fomento, e se comprometeu a levar as propostas ao governador Mauro Carlesse. “O turismo de eventos é uma das forças econômicas da Capital e com forte potencial de desenvolvimento em outros municípios; o Governador tem enfatizado a necessidade de buscarmos mecanismos para garantir a retomada do crescimento econômico do Estado”, disse o gestor ao abrir espaço para a elaboração conjunta de um plano de retomada, com a participação de todos os setores envolvidos.