Notícias

Governo do Estado propõe parceria com a Fieto na produção de máscaras para rede de ensino

06/05/2020 - Seleucia Fontes / Governo do Tocantins

Tom Lyra recebeu a diretora regional do Senai (d) nesta quarta Tom Lyra recebeu a diretora regional do Senai (d) nesta quarta - Flávio Cavallera/Governo do Tocantins

O secretário de Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra, reuniu-se nesta quarta, 6, com a diretora regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Márcia Rodrigues, para propor uma parceria na produção de máscaras de proteção. A demanda partiu do governador Mauro Carlesse, que busca garantias de segurança aos alunos, professores e demais servidores da rede estadual de ensino, quando as aulas forem retomadas. O contato inicial sobre esta solicitação ocorreu junto ao presidente da Federação da Indústrias do Estado do Tocantins (Sistema Fieto), Roberto Pires, que se prontificou de imediato.

A proposta do Governo do Estado é adquirir a matéria-prima necessária a confecção das máscaras. Caberá à Fieto, por meio do Senai, a mobilização de associações, distribuídas por regiões, cessão de maquinário e treinamento. “Podemos trabalhar em duas frentes, geração e distribuição de renda no Estado e apoio às empresas impactadas financeiramente”, disse Márcia, lembrando que já está em andamento uma parceria para a produção de máscaras para a Polícia Militar do Estado. Segundo ela, há vários microempresários em condições de gerar renda com a produção de máscaras, mas essas pessoas não dispõem de condições financeiras para a aquisição da matéria-prima. 

A reunião também contou com a participação do superintendente de Desenvolvimento Econômico, Márcio Ferreira, a diretora de Indústria, Comércio e Serviços, Geanny Carlos Pinheiro, e o gerente de sistemas produtivos, Marcondes Martins. A equipe prevê uma demanda de 250 mil máscaras para atender alunos, professores e demais servidores das escolas da rede estadual de ensino. De acordo com a Secretaria de Educação, Juventude e Esportes, são 493 escolas, com 157.200 estudantes matriculados. A Seduc será procurada para estudar estratégias de distribuição.

Indígenas

O secretário Tom Lyra aproveitou o encontro para solicitar apoio do Sistema Fieto no transporte de cestas básicas para as comunidades indígenas do Estado. De acordo com Censo populacional realizado pela Adetuc em 2019, o Tocantins possui cerca de 15 mil pessoas, distribuídas em aproximadamente 3.500 famílias. “Os povos indígenas não estão sendo assistidos. Por isso, vamos fazer a distribuição de 3.500 cestas básicas, a começar da Ilha do Bananal”, relatou o gestor.