Notícias

Empresa de sementes pretende abrir filial no Estado atraída pelas vantagens fiscais oferecidas pelo Governo do Tocantins

04/03/2020 - Fábia Lázaro/Governo do Estado

Técnicos da Sics apresentam incentivos fiscais oferecidos pelo Governo do  Tocantins a empresários  da Sementes Grão Fértil Técnicos da Sics apresentam incentivos fiscais oferecidos pelo Governo do Tocantins a empresários da Sementes Grão Fértil - Flávio Cavalera

A Sementes Grão Fértil pretende abrir uma filial da empresa no Estado atraída pelas vantagens fiscais oferecidas pelo Governo do Tocantins. Nesta quarta-feira,04, o presidente da empresa, Carlos Teixeira, acompanhado do diretor comercial, Franciso Pereira Neto, esteve na Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços (Sics) para conhecer o modelo de incentivos fiscais oferecidos pelo Governo ao setor.
Segundo o diretor da empresa, há interesse em abrir uma filial em Porto Nacional para atender o Brasil com a produção de sementes de milho e para pastagens com alta tecnologia. Para isto, a empresa pretende investir em torno de R$ 10 milhões, com a perspectiva de gerar 100 empregos, entre diretos e indiretos.
“Estamos procurando um local para instalar esta filial e os atrativos oferecidos pelo Governo do Tocantins se tornou um dos mais interessantes para a empresa”, afirmou o diretor.Com sede em Luís Eduardo Magalhães (BA), as Sementes Grão Fértil comercializa seus produtos ainda no Pará e Tocantins. 
Os técnicos da Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e da secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), apresentaram os incentivos oferecidos pelo Estado, através do Programa PROINDÚSTRIA (Lei. 1.385/2003), destacando o potencial logístico do Estado para receber este tipo de investimento.
 “Uma empresa como a Grão Fértil interessada em vir para o Tocantins reflete o momento econômico que estamos vivendo, graças uma política fiscal e tributária adotada pelo governador Mauro Carlesse que oferece ao empresário estabilidade e segurança jurídica”, destacou o secretário da Indústria, Comércio e Serviços e presidente da Agência do Desenvolvimento de Cultura, Turismo e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra.
A empresa ficou de enviar um protocolo de intenções à Sics para oficializar as informações referente aos incentivos fiscais oferecidos pelo Governo.