Notícias

Governo do Estado e Nippon Koei discutem retomada de parceria comercial com o Japão

13/02/2020 - Seleucia Fontes / Governo do Tocantins

Durante a reunião, Tom Lyra e Kurokawa (d) avaliaram retomada de projetos Durante a reunião, Tom Lyra e Kurokawa (d) avaliaram retomada de projetos - Flávio Cavallera/Governo do Tocantins
A partir da esquerda, Paulo Mendonça, Maria Antônia, Amanda Barbosa, Tom Lyra, Roberto Kurokawa e Luiz Eduardo A partir da esquerda, Paulo Mendonça, Maria Antônia, Amanda Barbosa, Tom Lyra, Roberto Kurokawa e Luiz Eduardo - Flávio Cavallera/Governo do Tocantins

A captação de investimentos japoneses para o Estado do Tocantins, voltados especialmente para a agropecuária e o turismo motivou reunião na quarta, 12, dos representantes da Nippon Koei Latin America - Caribbean CO, Roberto Kurokawa e Luiz Eduardo Borges Leal, com o secretário de Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e responsável pela Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra. Também acompanharam o encontro o diretor de Atração de Investimentos e Desenvolvimento Estratégico da Sics, Paulo Mendonça, a superintendente de Turismo, Maria Antônia Valadares, e a gerente de Desenvolvimento Industrial da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), Amanda Barbosa.

Roberto Kurokawa enfatizou que a empresa de consultoria tem uma longa relação de parceria com o Governo do Estado e que considera o momento atual oportuno para retomar alguns projetos, bem como buscar parcerias para novos investimentos no Tocantins, não apenas de empresas e bancos estrangeiros, como também empresas nacionais que têm interesse em ampliar suas bases para outros estados.

Em relação ao turismo, lembrou pesquisa internacional apontando o Jalapão como segundo destino de maior interesse para os turistas, atrás apenas do Rio de Janeiro. “Neste caso, é preciso estruturar a região”, pontuou.

Atualmente, a Nippon Koei desenvolve dois projetos voltados ao desenvolvimento do turismo no Tocantins, em pesca esportiva e turismo de base comunitária junto a comunidades quilombolas do Jalapão, que contam com recursos do Programa de Desenvolvimento Regional, Integrado e Sustentável (PDRIS) por meio do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). “Podemos desenvolver grandes projetos, principalmente para a pesca esportiva”, completou.

Tom Lyra lembrou que o Japão foi o primeiro país a acreditar e investir no Tocantins e enfatizou a importância de parceiros como Kurokawa, que tem conhecimento profundo acerca da economia e necessidades do Estado. Citou ainda o bom momento vivido pela gestão, com segurança política, restabelecimento da credibilidade econômica, avanço de projetos como o Parque Tecnológico. “Vamos levar esta proposta de parceria estratégica ao governador Mauro Carlesse em uma audiência”, garantiu o secretário, lembrando que o governador já havia demonstrado interesse em restabelecer o contato comercial com o Japão.