Notícias

Com investimentos de R$ 12 milhões, empresas são credenciadas a receberem incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado

22/08/2019 - 30/07/2019 - Fábia Lázaro/Governo do Estado

Secretário Ridoval ladeado pelos empresários que foram credenciados a receberem incentivos fiscais Secretário Ridoval ladeado pelos empresários que foram credenciados a receberem incentivos fiscais - SECOM TO
Secretário com o proprietário da Nazaria Distribuidora de Prod. Farmacêuticos, Wilson Willame Secretário com o proprietário da Nazaria Distribuidora de Prod. Farmacêuticos, Wilson Willame - SECOM TO
Secretário com o proprietário da Fazendão Indústria de Mineração Volney que vai ser beneficiado pelo Proindústria Secretário com o proprietário da Fazendão Indústria de Mineração Volney que vai ser beneficiado pelo Proindústria - SECOM TO
Secretário destaca trabalho do Governo em prol das indústrias do Estado durante assinatura de contratos Secretário destaca trabalho do Governo em prol das indústrias do Estado durante assinatura de contratos - SECOM TO

Prevendo investimentos na ordem de R$ 12 milhões e geração de 206 empregos diretos, a Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços (SICS), assinou, nesta quarta-feira, 21, na sede, contratos com nove empresas que as credencia a serem beneficiadas pelos incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado, através do Programa Proindústria (Lei 1.385/2003) e Comércio Atacadista de Medicamentos (Lei 1.790/2007).

Pelo Proindústria, vão ser beneficiadas sete empresas de diversos segmentos, como mineração, comércio de tintas e beneficiadora de alimentos, que juntas, projetam investimentos de R$ 11.131.200,00 e a criação de 206 novos empregos.

”Este incentivo fiscal vai aliviar a nossa carga tributária para aumentar a nossa margem de lucro e possibilitar novos investimentos”, comemorou o proprietário da empresa Fazendão Indústria de Mineração de Natividade. O empresário está investindo R$ 5 milhões na implantação da mineradora que empregou 40 trabalhadores e outros 100 indiretamente.

Em relação à Lei de Incentivo Fiscal ao Comércio Atacadista de Medicamentos vão ser beneficiadas duas empresas, uma de Araguaína e outra de Gurupi, totalizando R$ 1.130.100 em investimentos nas modalidades expansão e implantação.

Uma delas é a Nazaria Distribuidora de Produtos Farmacêuticos de Araguaína. Para o proprietário, Wilson Willame de Oliveira, o  incentivo do governo ao setor é fundamental e “sem ele, o grupo não conseguiria atuar dentro do Estado”.

Assinatura Tare

O próximo passo agora é a assinatura do Termo de Acordo de Regime Especial (Tare) pelas empresas com a pasta e a Secretaria da Fazenda e Planejamento (Sefaz). A concessão dos benefícios fiscais às empresas foi aprovada pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico (CDE-TO), em reunião, no último dia 15.

 “Tenho certeza que estes incentivos vão ser fundamentais para expansão dos seus negócios e o Governo vem trabalhando firme para fomentar ainda mais a industrialização do Estado”, afirmou o secretário da pasta Ridoval Darci Chiareloto.

Legenda