Notícias

Executivos de gestora de capitais e da gigante chinesa CCCC estão no TO para tratar de investimentos

26/06/2019 - Fábia Lázaro/Governo do Estado

O secretário da Indústria, Comércio e Serviços do Tocantins (SICS), Ridoval  Darci Chiareloto, recebeu em seu gabinete, executivos da gestora de capitais Lyon Capital Partners e o presidente da China Communications Construction Company (CCCC), na América do Sul, Chang Yunbo, nesta terça-feira, 26. Os investidores estão no Tocantins para conhecer as potencialidades, com vistas a firmar parceria com o Governo para a execução de importante obras para o Estado.

Após assistir uma breve explanação sobre o potencial do Tocantins, com ênfase nas áreas de logística e infraestrutura, os executivos discutiram sobre os possíveis projetos do Governo que poderiam ser executados pelos grupos como a Transbananal, a ponte de Porto Nacional e a estrada Palmas-Jalapão. “Viemos, juntos com a CCCC, para conhecer um pouco mais o Estado, as autoridades locais, entender um pouco o planejamento para tomar nossas decisões” afirmou o diretor-executivo da Lyon, Rubens Cardoso.

A Lyon Capital é uma companhia brasileira de investimentos com capital 100% nacional, que atua, prioritariamente, nas áreas de infraestrutura e  logística e no setores imobiliário e elétrico. A gestora possui uma carteira de projetos que envolvem investimentos totais de R$ 2,6 bilhões. O grupo está presente nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia, Piauí e no Tocantins, com projetos no setor elétrico. No Estado, a Lyon foi responsável pela instalação da primeira usina solar, a Sol Maior, em Miracema, com um R$ 1 bilhão de investimentos previstos, e também pela construção da subestação do Linhão Belo Monte a Colinas.

A CCCC entrou no Brasil em 2016, sendo a quinta maior construtora do mundo, presente em 150 países.  Um dos principais focos de investimento da companhia é a infraestrutura logística que inclui portos, rodovias ou ferrovias. A companhia é parceira da Lyon Capital na construção do Porto de São Luiz (MA), orçado em R$ 2,2 bilhão.

Na ocasião, o secretário Ridoval Chiareloto, explanou sobre os investimentos que o Governo pretende promover para industrializar e desenvolver o Estado, bem como destacou as obras do Porto de Praia Norte que estão em andamento e como será importante para o Tocantins, por tornar mais competitivos os produtos vindos da Zona Franca de Manaus com destino a mercados consumidores como o Sul e Sudeste do País.  

“O Tocantins é um estado novo e tem tudo ainda para se fazer e seria muito bom contarmos com estas parcerias para acelerar o crescimento e o desenvolvimento da região”, destacou o secretário.

 

.