Notícias

Secretário Tom Lyra reúne-se com Associação das Indústrias de Confecções  para tratar da  estruturação do setor

20/12/2019 - Fábia Lázaro/Governo do Estado

Secretário Tom Lyra e diretores da Associação de Confecções do Estado discutem sobre o Polo de Confecções do TO Secretário Tom Lyra e diretores da Associação de Confecções do Estado discutem sobre o Polo de Confecções do TO - Fábia Lázaro/Governo do Estado

O secretário da Indústria, Comércio e Serviços, Tom Lyra, recebeu nesta quinta-feira, 20, a presidente do Associação das Indústrias de Confecções (Assincoto), Leila Miranda, acompanhada da diretores, que veio tratar sobre a estruturação do Polo de Confecções do Tocantins. Na ocasião, a presidente do Sindicato reforçou a necessidade da criação de um Centro de Comercialização na Capital, cujo projeto já está em andamento pela Sics.

A presidente da associação apresentou dados que demonstram a necessidade do segmento em contar com um espaço apropriado para a comercialização dos seus produtos. Leila relatou que a associação conta com 84 empresas, a maioria, instaladas no Rodoshopping, mas o número de pessoas que dependem deste segmento é bem maior, se somados os Microempreendedores Individuais (MEI)  que chegam a  344 só na Capital .

Durante a reunião, foram discutidas ainda as ações que estão sendo desenvolvidas pelo Governo do Estado para alavancar o segmento considerado estratégico na geração de emprego e renda. Técnicos da pasta já visitaram os polos de Inhumas, Taquaral e Jaraguá para estudar o modelo de funcionamento destes arranjos.

O processo para criação do Centro de Comercialização, denominado Capital Fashion, também está em andamento pela pasta. A ideia é transformar o antigo Centro de Integração à Criança (CAIC), do Jardim Aureny IV, em um espaço destinado a atender a comercialização dos produtos.

A presidente da Associação reiterou que o projeto é importantíssimo não só para Palmas, mas para todo do Tocantins. “Vamos conseguir reunir toda a produção em um só lugar, o que vai facilitar as vendas para o varejo e atacado”, disse. Leila defendeu ainda que o local vai ser importante para abrigar outros projetos da associação como cursos profissionalizante na área.

O secretário destacou a importância da economia criativa na geração de emprego e renda local e reiterou que irá reunir todos os esforços para que o projeto saia do papel. “O Governador Mauro Carlesse é muito simpático a esta atividade econômica e vamos nos empenhar para conseguirmos viabilizar resultados em 2020 para alavancar ainda mais esta cadeia com um espaço específico para comercializar a produção”, afirmou.  

Legenda: Secretário Tom Lyra e diretores das Indústrias de Confecções do Estado discutem sobre o Polo de Confecções do TO